Projeto de Moro não trata de Segurança Pública, mas de persecução penal.
|

O pacote de Moro e o populismo penal

Na Idade Média, em vários países europeus, surtos de doenças como a peste bubônica dizimavam até 1/3 da população. Na época, pela ausência de conhecimentos científicos, a visão predominante considerava que os eventos trágicos eram castigos divinos. Faltas pretensamente cometidas por pessoas ou grupos de pessoas estariam na origem do problema. Mulheres, judeus, “infiéis”, entre

Flavio Bolsonaro e Jair Bolsonaro

O poder dos matadores

A Agência Pública trouxe, essa semana, entrevista com o sociólogo José Cláudio Souza Alves, ex-pró-reitor de Extensão da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a respeito das milícias (veja aqui). Ele estuda o fenômeno há 26 anos e é autor do livro “Dos Barões ao extermínio: a história da violência na Baixada Fluminense”.

A crise penitenciária

Não se sabe exatamente o que o Governo Federal fará na área da Segurança Pública. Os pontos sustentados na campanha eleitoral por Jair Bolsonaro envolvem, basicamente, três diretrizes: a) maior facilidade à população para o acesso às armas de fogo; b) endurecimento da execução penal com redução de benefícios legais aos presos e c) exclusão

Abertas as inscrições para a pós-graduação em Segurança Pública com Base em Evidências na Feevale.
|

Segurança Pública e Prevenção à Violência com Base em Evidências – 1ª Edição

Abertas as inscrições para a pós-graduação em Segurança Pública com Base em Evidências na Feevale. Venha conhecer as experiências mais inovadoras e exitosas de redução da violência já realizadas no mundo, na Especialização oferecida pela Feevale em parceria com o Instituto Cidade Segura. Voltado para policiais, guardas municipais, professores, profissionais da Saúde e da Assistência

Sobre o nacionalismo e o alerta de Harari

O tema do nacionalismo merece uma reflexão cuidadosa. Tradicionalmente, as visões nacionalistas caracterizam as perspectivas político-ideológicas conservadoras. As visões mais extremadas do nacionalismo, aliás, embalaram o fenômeno totalitário nas versões do fascismo e do nazismo.  Nem sempre, entretanto, o nacionalismo foi uma característica da direita. No período stalinista, o regime operou uma ruptura com um

Crime e Vida Cotidiana

Falácias sobre o crime

Acaba de sair a 6ª edição de Crime & Everiday Life (“Crime e Vida Cotidiana), do casal de sociólogos americanos Marcus Felson e Mary Eckert, um dos estudos mais interessantes da Criminologia contemporânea, totalmente revisado, com novos temas e dados atualizados. Felson é professor na Universidade do Estado do Texas e é mundialmente reconhecido por