Para derrotar o fascismo

O inominável estará no 2º turno, zombando da democracia e oferecendo a morte como seu verdadeiro programa de governo. É preciso derrotá-lo politicamente. Para tanto, há uma escolha a fazer, por sobre os partidos e seus pequenos discursos. Há, efetivamente, a possibilidade de um agrupamento do lumpesinato político brasileiro, de perfil fascista, vencer as eleições....

A hipótese da deterioração e notas para a reforma política

Diante das dimensões da crise política brasileira e tendo presente o grau de corrupção que estrutura nosso sistema político, é preciso tentar compreender por que temos, cada vez mais, representantes caricatos e/ou desonestos. A resposta que oferecermos deve orientar a natureza da reforma política necessária. Nesse texto, sustento a necessidade de cinco mudanças profundas no...

A encruzilhada

O atentado contra Bolsonaro foi um grave crime contra a frágil democracia brasileira. O fato é simplesmente inaceitável, merecendo o mais veemente repúdio de todos, independentemente das posições políticas e ideológicas em disputa. Imagine, por 30 segundos, que o seu candidato à Presidência da República foi esfaqueado em um ato de campanha, na frente de...

Uma carta para Lula

Os petistas fariam diferente se houvesse um pronunciamento seu conclamando-os a derrotar o fascismo. Seus eleitores também seriam impactados por uma clara orientação sua frente aos riscos representados por um psicopata que tem alcançado popularidade pregando o ódio e convocando a morte.  Presidente, como o senhor bem sabe, o Brasil passa por momentos dramáticos. A...