Para sair do pântano

No livro A Casa & a Rua, há um capítulo onde Roberto DaMatta examina o romance Dona Flor e seus Dois Maridos, de Jorge Amado. A história ilustra as posições de DaMatta sobre nossas características sociológicas e sua recusa às explicações dualistas, do tipo “ou isso ou aquilo”. O que não funcionaria entre nós, porque...

O TESTE DO MARSHMALLOW

Um dos experimentos mais conhecidos na Psicologia contemporânea é o chamado Teste do Marshmallow, desenvolvido pelo psicólogo Walter Mischel e sua equipe, originalmente em 1970, na Escola Bing Nursery da Universidade de Stanford (CA, EUA). Na experiência, crianças entre 4 e 6 anos eram conduzidas a uma sala onde recebiam um doce (normalmente um marshmallow)....

OS LIBERAIS DO PELOTÃO

O Brasil vive a pior crise dos últimos 30 anos, não apenas quanto ao presente de recessão, desemprego, corrupção e desmoralização da política, mas quanto ao futuro de incerteza e desesperança. Crises são vividas esporadicamente por todos os países e o Brasil já passou por muitas delas. O que torna a atual crise particularmente grave...

Palestras em escola sobre drogas? Má ideia

Há alguns anos, em uma especialização para policiais na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, eu explicava a importância da avaliação externa de políticas públicas, providência que segue sendo uma raridade no Brasil. Dizia que, muitas vezes, iniciativas pensadas com toda boa vontade e executadas com dedicação podem produzir resultados desastrosos. Ilustrando...

Como as crianças aprendem

Chamamos de “Estudos longitudinais” um tipo de método de pesquisa que observa as variações nas características de uma amostra (de indivíduos, empresas, organizações, etc.) por um longo período de tempo – frequentemente por décadas. Trata-se de recurso decisivo para, por exemplo, se avaliar com mais segurança os efeitos de programas ou de políticas públicas. No...

O experimento de Milgram

Adolf Eichmann, criminoso de guerra julgado em Israel, em 1961, um dos responsáveis pelo envio de milhões de judeus aos campos de concentração e de extermínio no leste europeu, insistiu em sua defesa que “cumprira ordens”, tentando, assim, desresponsabilizar-se diante do genocídio. Hannah Arendt percebeu que o discurso de Eichmann, repetido por outros nazistas, expressava,...

Bendita Luz

A crise política na qual o País está mergulhado e a aparente ausência de alternativas nos coloca diante de um vazio. O Brasil não tem governo, como vocês já devem ter notado. Em Brasília, um grupo de impostores se assenhorou dos principais postos de comando para alavancar negócios com grandes empresas. A propina não se...