Nobel da Paz 2018 e os ativistas que lutam contra violência sexual como arma de guerra

O médico congolês Denis Mukwege e a iraquiana Nadia Murad ganharam o Nobel da paz deste ano; ambos dedicam suas vidas na luta contra a violência sexual. Nadia foi vítima de violência cometida pelo Estado Islâmico e, desde então, denúncia as violações praticadas contra as mulheres Yazidi, uma minoria curda que é alvo da sanha...